jusbrasil.com.br
8 de Abril de 2020

Nova Operação Condor usa Poder Judiciário contra esquerda na América Latina, diz Correa

"...uma nova Operação Condor, em referência à cooperação entre ditaduras da região entre 1970 e 1980 que, desta vez, se utiliza do Poder Judiciário para neutralizar políticos de esquerda “que podem vencer eleições, como Lula”.

Publicado por Carla
há 4 anos

O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou neste sábado (17/09) que a América Latina está enfrentando uma nova Operação Condor, em referência à cooperação entre ditaduras da região entre 1970 e 1980, que desta vez se utiliza do Poder Judiciário para neutralizar políticos de esquerda “que podem vencer eleições, como Lula”.

Em seu programa semanal Enlace Ciudadano, transmitido pela internet desde a sede do governo equatoriano, Correa citou a destituição de Dilma Rousseff da Presidência e as acusações contra o ex-presidente Lula no Brasil e as acusações contra a ex-presidente Cristina Kirchner na Argentina como expressão de uma nova Operação Condor na região.

O presidente do Equador, Rafael Correa, falou em "nova Operação Condor" que usa o Judiciário contra a esquerda na região (Agência Efe)

"Sustento que agora estamos enfrentando outra Operação Condor, mas a América Latina e o mundo inteiro não tolerariam as repressões militares de outrora”, disse o presidente equatoriano. “Agora há ‘congrezasos’, outras formas de desgastar os governos progressistas, fazer com que percam maiorias parlamentares e assim, com qualquer argumento, destituir presidentes, como Dilma Rousseff”. Correa acrescentou que a presidente eleita do Brasil teve mais de 50 milhões de votos e foi destituída por dezenas de senadores “questionados por corrupção”. “São os novos golpes brandos”, afirmou.

“A nova Operação Condor não são somente ‘congrezasos’, mas também ‘cortezasos’, utilizando cortes, juízes e promotores com ambições políticas para bloquear candidatos de esquerda que sabem que vencem eleições, como o querido companheiro Lula da Silva”, afirmou sobre as recentes acusações do MPF (Ministério Público Federal) contra o brasileiro. Ele também citou a situação de Cristina Kirchner na Argentina, investigada em pelo menos três processos que correm na Justiça de seu país, classificando as acusações contra os dois ex-presidentes de “perseguição política”.

Correa expressou “toda nossa solidariedade, admiração, carinho e gratidão” a Lula pelo que fez “pelo Brasil, pela América Latina e pelo mundo”, “a quem agora querem acusar de corrupto e utilizam para isso o Poder Judiciário”.

Recordando a “tristemente célebre” Operação Condor, afirmou que a cooperação entre ditaduras sul-americanas também tinha o objetivo de impedir a ascensão democrática de governos de esquerda na região e pediu que os jovens “não esqueçam a história, não fiquemos neste passado, mas sim aprendamos para não sermos vítimas dos mesmos algozes”.

Fonte: Opera Mundi

23 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Que culpa temos se o "querido" Lulla é bandido?! continuar lendo

Responder o que para uma mente tão curta. continuar lendo

Só: "Continue a ver telenovelas" continuar lendo

E na Venezuela, C. do Norte, Cuba e assemelhados se aplica a operação "Semdor" - nem piedade - contra discordantes. continuar lendo

Seria interessante lembrar que, há não muito tempo, o governo da Coreia do Norte, executou seu ministro da educação, Kim Yong-jin, acusado de ser um agitador contrário ao partido e inimigo da revolução, o ministro da Defesa da Coreia do Norte, Hyon Yong-chol, foi executado por deslealdade e por manifestar sua falta de respeito pelo líder supremo Kim Jong-un, Hyon, nomeado para o cargo há menos de um ano, teria sido surpreendido dormindo durante um desfile militar e respondido de maneira inadequada a Kim Jong-un em várias oportunidades, revelou a Yonhap, com base em declarações de um legislador do partido comunista.
Hyon foi executado com fogo antiaéreo em uma academia militar na região de Pyongyang, um método já citado em vários relatórios sobre execuções de altos funcionários norte-coreanos. Estes são somente dois dos muitos assassinados! Um entre os muitos expurgos praticados pelo governo norte-coreano.... continuar lendo

ainda bem que no Brasil tivemos a "ditadura democratica"(a cada 4 anos mudava o governante) pro capitalismo, e não deixou este bando de vermelhos escravizar nosso nosso povo. continuar lendo

E O Foro de São Paulo o que é, senão a mesma coisa mantida pela Esquerda? continuar lendo

Não discuto que alguém goste do Lula ou da Dilma ou do PT, ou do PSDB, isso é normal. O que não entra na minha cabeça é a cegueira dessas pessoas em não enxergar o mal que essas pessoas fizeram ao nosso pais. O dinheiro desviado em propinas daria para construir inúmeros hospitais, escolas, creches, etc.. enfim,faria muito bem ao povo brasileiro, principalmente aos mais necessitados. Vocês que apoiam e idolatram bandidos, não são diferentes deles e co responsáveis pelas mazelas desse pais. Pertencer a um partido ou ter feito alguma coisa de boa como governante não habilita ninguém a assaltar os cofres públicos. Lamentável tanta gente vendada, feliz gado novo! continuar lendo